Cansado de perder tempo com depilação em casa? Confira aqui tudo o que você precisa saber sobre depilação a laser masculina.

Em que áreas posso fazer depilação a laser? Dói? Ajuda com a foliculite e com a coceira? Quantas sessões preciso fazer? Qual o valor das sessões? Confira as respostas para estas e outras dúvidas abaixo.

Faz tempo que depilação deixou de ser um assunto exclusivo das mulheres. Seja pelo conforto, pela higiene, pela prática de esportes ou mesmo pela estética, os homens passaram a aderir a várias técnicas de remoção dos pelos. Seguindo este movimento, a procura por alternativas às técnicas tradicionais de depilação aumenta a cada ano. E as causas são quase sempre as mesmas:

– Dor
– Manutenção frequente (lâmina e creme depilatório)
– Pelos encravados
– Foliculite
– Coceira e sensibilidade
– Possibilidade de corte (lâmina)
– Dificuldade de depilar áreas de difícil alcance, como as costas
– Ressecamento da pele

Para atender este público que busca por praticidade e conforto, a depilação a laser é uma alternativa atraente. Reunimos aqui as dúvidas mais comuns sobre a depilação com Mylaser* para você que quer se livrar da canseira de se depilar e se barbear o tempo todo. Confira:

Depilação a laser dói?
Depende do aparelho utilizado. O Mylaser* foi pensado para proporcionar o máximo de conforto durante a aplicação: sua ponteira de safira resfriada a -3° C resfria e protege a pele para que a sensação do disparo seja minimizada. Bateu a disconfiança? Durante a sua avaliação gratuita, você pode fazer o Teste do Disparo para sentir o laser na pele antes de fechar o seu pacote. Caso a sua pele seja mais sensível ou os pelos da área escolhida sejam mais espessos (como a região da barba), o desconforto pode ser um pouco maior. Nestes casos, o laser pode ser regulado para uma intensidade mais baixa.

Funciona bem para a região barba?
Sim. A depilação com Mylaser* é ideal para esta região pelo fato de a pele ser mais sensível que em outras partes do corpo. Também é ótima para quem sofre com foliculite e pelos encravados e para quem tem muitas espinhas, que a lâmina machuca ainda mais a cada barbear. Já que o laser queima a raiz do pelo e inibe o seu crescimento, a rotina de fazer a barba toda manhã fica no passado — assim como a foliculite e os pelos encravados. Você pode optar tanto por aplicar o laser na barba completa quanto apenas no contorno.

O laser pode ser aplicado em tatuagens?
Não. O laser não pode ser aplicado sobre tatuagens pois existe o risco de ele reagir com as cores e pigmentos e causar queimaduras sobre a pele. Nas áreas ao redor da tatuagem o uso está liberado.

Quem tem pele negra pode fazer depilação a laser?
Depende do laser. O Mylaser* pode ser aplicado com segurança em todos os fototipos já que sua luz é puramente vermelha, o que permite que ele atue apenas na melanina no pelo, cauterizando sua papila. Por ser preciso e direcionado, ele pode ser feito tanto em peles negras quanto em peles bronzeadas. Já outros aparelhos de laser que não contam com a mesma tecnologia e emitem um feixe de luz avermelhado oferecem o risco de queimaduras e manchas.
Por outro lado, pessoas que possuem pelos claros, ruivos ou grisalhos podem não tem um resultado bom com a depilação a laser, já que a concentração de melanina nos pelos é muito baixa.

A depilação a laser é definitiva?
Não. É normal que após alguns anos as células se regenerem e os pelos voltem a nascer, mas este processo varia muito de uma pessoa para outra. A genética e o equilíbrio hormonal, por exemplo, estão diretamente ligados ao intervalo de reaparecimento dos pelos, assim como a sua quantidade e espessura. Na maioria dos casos é comum que os pelos voltem a nascer mais finos e em menor quantidade, e uma sessão de manutenção já é suficiente para interromper o seu desenvolvimento. A primeira manutenção é indicada após 5 anos do tratamento ou assim que os pelos voltarem a nascer. Por isso fazemos questão de deixar claro que a depilação a laser dura muitos anos, mas não é definitiva.

Quantas sessões preciso fazer?
O tratamento completo com Mylaser* é de 8 sessões, com intervalos de 30 a 45 dias entre as aplicações.

Quais áreas podem ser depiladas com Mylaser*?
Mylaser* pode ser aplicado com segurança em qualquer parte do corpo. As áreas mais procuradas pelos homens são:

· Barba completa
· Contorno da barba
· Maçãs do rosto
· Nariz
· Orelhas
· Costeletas
· Pescoço
· Nuca
· Axilas
· Abdômen e tórax
· Ombros
· Costas
· Glúteos
· Cóccix
· Virilha
· Entre sobrancelhas

Como a escolha errada do método de depilação pode causar sofrimento para você

Você já está cansado de sofrer com depilação? ? Os métodos comuns de remoção de pelos acabam agredindo a sua pele e causando outros problemas, como manchas e foliculite. Atualmente há várias técnicas diferentes para acabar com os pelos, e a melhor forma de evitar que a sua pele seja prejudicada é saber qual método é o ideal para o seu tipo de pele.

Nesse post vamos esclarecer tudo sobre os tipos de pele e quais os métodos de depilação mais indicados. Confira!

skin care lol GIF by The Groundlings

Pele seca

Esse tipo de pele apresenta aspecto áspero e sem brilho, por isso requer mais hidratação. ?‍♀️ Se você tem a pele seca, deve evitar os métodos que causam ressecamento, como a cera e as lâminas. A depilação com cera retira a camada de proteção da pele, o que colabora para a desidratação. Já as lâminas provocam pequenas agressões durante o processo, o que acaba deixando a pele ressecada.

É importante lembrar que a hidratação deve fazer parte da sua rotina, pois deixa a pele macia, saudável e protegida das agressões da depilação. ?

Pele normal

As peles normais se caracterizam pelo nível de hidratação equilibrado. Esse tipo de pele é saudável e raramente apresenta áreas secas ou tensas. Geralmente as peles normais permitem qualquer tipo de depilação, porém é preciso tomar cuidado com as lâminas, que podem causar irritação e escurecimento da pele.

Pele oleosa

A pele oleosa tem mais brilho, resultado da alta umidade. Por causa disso, tem maior propensão ao surgimento de cravos e espinhas. O principal cuidado com esse tipo de pele é utilizar produtos adequados, que não retirem completamente a oleosidade.

Como as peles normais, as peles oleosas também toleram qualquer método de depilação. Entretanto, tenha em mente que, mesmo escolhendo o tratamento ideal, a depilação é um processo que agride a pele. Por isso, procure sempre aplicar um creme pós-depilatório após o procedimento e aplique protetor solar na área depilada. ☀ Isso vai evitar as manchas e o escurecimento da pele.

Resultado de imagem para monica phoebe wax gif

Pele sensível

Esse tipo de pele pode ser oleosa ou seca. Também chamada de reativa, é uma pele com pouca tolerância a cosméticos, que costumam provocar reações como ardor ou coceira. Essa maior sensibilidade também pode ocorrer nas variações de temperatura.
É o tipo de pele que requer mais atenção: deve-se evitar depilação com lâminas, cera e principalmente cremes depilatórios. Os cremes são fabricados à base de substâncias químicas que podem causar irritação e alergia.

Se você possui pele sensível e deseja se livrar do compromisso constante com a depilação, Mylaser* é o método mais indicado. A depilação com Mylaser* é rápida e confortável, deixando você sem pelos por muitos anos?‍♀️

✨ Seja qual for seu tipo de pele, a depilação a laser acaba sendo a melhor opção, pois elimina os pelos sem agredir. Bastam apenas 8 sessões de Mylaser* para você ficar livre dos incômodos causados pelos métodos comuns de depilação.

Como manter o bronzeado dos sonhos?

Você está doida para aproveitar os dias de sol e ganhar aquela corzinha. Mas pra manter a pele com o brilho e a cor da estação, é preciso tomar alguns cuidados.

Aqui vão algumas dicas que a gente separou para te ajudar a manter o bronzeado perfeito. Confira!

Vá com calma

O processo de bronzeamento deve ser progressivo. Ele não acontece em um dia só, então não adianta ficar horas no sol para bronzear mais rápido. Isso só vai acabar ressecando e agredindo a sua pele. A exposição prolongada pode causar diversos danos à saúde, como câncer de pele e envelhecimento precoce.

A dica, então, é ter um pouco de paciência, usar bastante filtro solar e respeitar os horários de exposição. Dessa forma, após algumas semanas haverá um aumento gradativo na cor da pele, que irá apresentar um bronzeado duradouro e saudável.

Hidratação é fundamental!

Para manter a pele saudável, é preciso cuidar com o pós-sol. A praia e a piscina costumam retirar a oleosidade natural da pele, provocando o ressecamento. Por isso, ao sair do banho, procure sempre aplicar um hidratante. Dê preferência aos produtos com óleo de amêndoas, extratos de camomila e calêndula, que impedem a desidratação.

Durante os banhos de sol, não esqueça de beber bastante água. Isso ajuda a manter o corpo hidratado, o que é muito importante pra quem passou muito tempo sob calor intenso.

Alimente-se bem

Alguns alimentos têm o poder de prolongar o efeito bronzeado. Se você quiser manter a pele radiante, procure comer diariamente frutas e vegetais que contenham betacaroteno, como cenoura, moranga, brócolis, manga e mamão. O betacaroteno é um componente que ajuda na produção de melanina e, por isso, é um importante aliado no verão.

Além disso, a substância é um poderoso antioxidante que ajuda a prevenir o envelhecimento precoce e a reforçar o sistema imunológico.

Se você já está com aquele bronzeado e quer se livrar dos pelos indesejáveis, procure a Mylaser*. Diferentemente da luz pulsada (Fotodepilação) e do laser Alexandrite, Mylaser* não oferece risco de manchas ou queimaduras. Sua tecnologia com regulagem de intensidade permite que ele seja aplicado com segurança em peles bronzeadas.

Então você já sabe: pode aproveitar ao máximo a praia e a piscina e deixe a depilação para a Mylaser*.

Gostou das nossas dicas? Agora é só colocar tudo em prática e agendar a sua avaliação. Com Mylaser*, é possível ficar bronzeada, mas sem pelos.

Como cuidar da barba?

Dizem os antigos que a honra de um homem se mede pela barba. Verdade ou não, o fato é que os homens de barba estão se tornando cada vez mais populares. Se você gosta de barbas cheias, saiba que a barba precisa de cuidados assim como o cabelo.

Separamos aqui algumas dicas para cuidar da barba de forma prática e rápida. Confira!

1 — Lavar corretamente

Não basta apenas deixar a água do banho escorrer. É preciso lavar bem a barba com água e sabão toda manhã e toda noite, pois os fios acabam acumulando impurezas durante o dia. O cuidado deve ser redobrado na parte do bigode, pois ele tem contato direto com alimentos, bebidas e com a boca.

Para manter os fios mais controlados, procure usar produtos apropriados. Como a estrutura desses pelos é diferente da dos demais, usar um shampoo para cabelos vai acabar deixando a barba ressecada. Os shampoos, óleos e ceras específicos vão garantir que a barba fique hidratada e com aparência saudável.

2 — Dar um formato

Dar um formato para sua barba vai torná-la bem mais bonita. Não precisa deixar a barba totalmente desenhada, mas é importante definir onde ela começa e termina. Uma dica fundamental é escolher um desenho que combine com o seu tipo de rosto.

3 — Aparar quando necessário

Se você acha que pra ficar com a barba grande é só deixar crescer, está enganado. Os fios não crescem na mesma velocidade nem no mesmo sentido. Por essa razão, é preciso aparar a barba do pescoço e das bochechas com o objetivo de dar forma e igualar os pelos. Se você pretende manter a barba comprida, a dica é ter em casa um kit com tesoura, pente e aparelho de barbear.

Para quem busca uma solução prática e duradoura, a Mylaser* tem pacotes de depilação a laser específicos para quem quer manter o contorno da barba sempre definido e com um aspecto natural.

4 — Ter cuidado com os problemas de pele

Muita gente sofre com pelos encravados, inflamação ou foliculite e uma das principais causas é o uso contínuo da lâmina. Para evitar esses problemas, é importante lavar o rosto duas vezes ao dia e usar esfoliante pelos menos duas vezes por semana.

Porém, se você quer uma solução realmente eficaz, escolha a depilação a laser. Esse é o método mais indicado para se livrar do problema, pois evita a necessidade do uso da lâmina, que agride a pele.

A barba requer um pouco de cuidado e dedicação, mas é um esforço que vale a pena, né? Pesquisas apontam que a barba transmite carisma, confiabilidade e experiência. Além disso, uma barba bem cuidada traz mais segurança sobre a sua aparência.

Que tal aproveitar pra agendar uma avaliação sem compromisso? Com Mylaser*, você se livra dos cortes, da irritação e das inflamações causadas pelas lâminas.

Gostou das nossas dicas para cuidar da barba? Então divide com a gente aí nos comentários! ?

Você sabe o que é foliculite?

Você já teve aquelas bolinhas vermelhas que coçam e incomodam? Essa é a foliculite, uma inflamação na pele que pode aparecer em diversas partes do corpo. A foliculite é bastante comum e traz desconforto por causa da aparência da pele.

Nesse post vamos esclarecer tudo sobre esse problema e mostrar uma maneira eficiente para acabar com ele.

O que é?

A foliculite é uma inflamação da raiz do pelo, que fica dentro da pele. Esse problema costuma ser causado por uma bactéria que se instala na raiz dos pelos encravados e provoca infecção. Porém, também pode ser causado por vírus e fungos. A foliculte costuma surgir principalmente após a depilação, quando a região está mais sensível, apresentando lesões que a deixam exposta aos microorganismos.

Essa inflamação pode aparecer em qualquer lugar com pelos, sendo comum em áreas com pelos e de atrito, como nas axilas, na virilha e no rosto (no caso dos homens). Ela tem aparência de pontinhos vermelhos parecidos com espinhas e pode apresentar irritação, coceira ou sensibilidade na região afetada.

Embora tenham uma aparência bem parecida, é importante não confundir foliculite com pelos encravados. O pelo encravado pode ser considerado o primeiro estágio da foliculite. Ele se forma quando o folículo piloso nasce e não consegue sair da superfície da pele. Então, sua ponta se curva e penetra mais uma vez no folículo, o que acaba causando uma reação inflamatória. Se esse folículo inflamado é atingido por algum tipo de bactéria, fungo ou vírus, aí surge a foliculite.

Há dois tipos de foliculite. O mais comum é a foliculite superficial, que causa pequenas lesões nas camadas superficiais da pele. O outro tipo é a foliculite profunda, que afeta as camadas mais profundas e pode até levar a infecções mais graves.

Qual a causa?

Qualquer pessoa pode desenvolver a foliculite, mas alguns fatores facilitam seu aparecimento. Conheça as principais causas:

– doenças que diminuem a imunidade

– uso de medicamentos a longo prazo

– fricção ao se barbear

– depilação com lâmina ou cera

– abafamento da pele

– lesões de pele como dermatites, acnes e escoriações

Tem como prevenir?

Para se manter longe deste problema, é preciso tomar alguns cuidados:

  • Deixe a pele respirar, usando roupas que permitam a transpiração.
  • Evite a depilação com lâminas, pois facilita o aparecimento de pelos encravados.
  • Use sabonete antisséptico antes e depois da depilação.
  • Hidrate bem a pele.
  • Faça esfoliação uma vez por semana. Ela ajuda a renovar a pele e eliminar células mortas.

Se você quer se ver livre desse problema de uma vez por todas, escolha a depilação a laser. Este é o método mais indicado para prevenir a foliculite, pois diminui o crescimento do pelo e evita a necessidade de manutenções constantes com cera ou lâminas, que estimulam a inflamação por causarem lesões. A depilação a laser remove os pelos agindo sobre a raiz deles sem agredir a pele.

Agende sua avaliação gratuita com a Mylaser* e sinta a pele lisinha e saudável.

O que as fases de crescimento do pelo têm a ver com a depilação?

Quer entender melhor o processo de depilação a laser? Neste post vamos esclarecer tudo sobre as fases de crescimento dos pelos e explicar por que são necessárias 8 sessões de depilação a laser para removê-los.

O pelo é composto por duas estruturas: primeiro, o folículo, que reside na pele, e segundo, o eixo, que é visível e fica acima da pele. Os pelos têm a capacidade de crescer até certo ponto e depois acabam caindo, sendo eliminados espontaneamente. Quando um pelo é eliminado, um novo pelo é gerado a partir do próprio folículo piloso. É por esse motivo que, quando se faz a depilação com lâmina ou cera, os pelos crescem novamente.

Os nossos pelos não crescem sem parar. Existem 3 fases que se alternam no ciclo do crescimento: fase Anágena, fase Catágena e fase Telógena.
Anágena é a fase de crescimento do pelo. O resultado da depilação a laser é potencializado nesta fase, pois é nesse momento que o pelo tem maior concentração de melanina. A melanina atua como um alvo, sinalizando o local para a atração da luz do laser.
Catágena é a fase de transição. Nela, o pelo começa a se soltar, mas ainda não se destacou do folículo. Externamente, é como se o fio ainda crescesse, mas, na verdade, ele está ficando com a raiz cada vez mais superficial.
Telógena é a fase de desprendimento do fio. Neste momento, nasce um novo pelo dentro do folículo e, à medida que ele cresce, vai empurrando para fora o pelo velho.

Nem todos os pelos estão na mesma fase. Eles são completamente independentes uns dos outros e cada folículo tem seu próprio ciclo e ritmo. Por causa disso, é necessário realizar mais de uma aplicação de laser com intervalos diferentes. A cada aplicação, uma parte dos pelos e da capacidade de produção de novos pelos é eliminada. Nas sessões seguintes, é obtido um resultado cada vez melhor.

São vários os benefícios da depilação a laser: ela acaba com os pelos encravados e a foliculite e você ainda se livra dos métodos de manutenção constante. 

Quer realizar o sonho de manter a pele lisinha e saudável? Agende sua avaliação gratuita com a Mylaser*.

Sem pelos e saudável: descubra os benefícios da depilação a laser com Mylaser para a sua pele.

Deixar de lado a preocupação com manter a depilação em dia parece bom demais, não é? Acredite: os benefícios da Mylaser* vão muito além! Quer saber como sua pele também pode tirar proveito do nosso tratamento de depilação a laser? Confira no post abaixo:

Quer incrementar sua rotina de cuidados diários com a pele? Conheça os produtos da Linha de Cuidados Diários da Mylaser*! 

Dê adeus ao escurecimento da pele!
Você já sentiu que o uso constante da lâmina e da cera deixa a pele mais escurecida na área? Isso acontece pois estes métodos são agressivos e, como um mecanismo de defesa, a pele aumenta sua produção de melanina na região, resultando em manchas escuras. As áreas que têm mais propensão de desenvolver hiperpigmentação são as axilas e a virilha por se localizarem na parte interna dos membros e sofrerem um atrito maior. Uma vez que o Mylaser* elimina a necessidade de manutenção com estes métodos agressivos, a pele tende a ficar mais clara e uniforme.

Seja bem-vindo, sol!
Diferentemente de outros lasers, nosso laser de Diodo não provoca queimaduras que podem resultar em manchas quando expostas ao sol. Portanto, você não precisa adiar seus planos de ir à praia ou aproveitar a piscina entre as suas sessões de Mylaser*! O uso de protetor solar, como sempre, é indispensável. Nos primeiros dias após a aplicação do laser, é recomendado usar um fator mais alto se você sentir que sua pele está mais sensível. E, é claro, não se esqueça de respeitar os horários recomendados para exposição ao sol. Tire suas dúvidas sobre depilação a laser no verão aqui.

Conforto e liberdade para todos os fototipos
Você tem a pele morena ou negra e tem medo de ter manchas decorrentes do laser? Temos uma má e uma boa notícia… A maioria dos tratamentos de depilação a laser de fato oferece a chance de queimaduras e manchas devido ao tipo de luz emitida pelo laser, que pode ser atraída pela melanina da pele. A boa notícia é que o Mylaser* é laser de Diodo, o único que pode ser usado com segurança por todos os fototipos de pele. A energia é ajustada de acordo com cada fototipo, o que permite que ele seja aplicado sem apresentar riscos ao paciente.

Segurança da cabeça aos pés
O laser de Diodo possibilita o controle da intensidade de energia utilizada de acordo com o fototipo e a sensibilidade do paciente. Isso o torna ideal para ser utilizado mesmo em regiões em que a pele é mais delicada como o rosto, sem oferecer o risco de manchas e sem agredir a pele como outros métodos de depilação. Confira as áreas que o Mylaser* pode ser aplicado no rosto:

  • Femininas: costeletas, entre sobrancelhas, maçãs do rosto, nariz, orelhas, testa, buço e queixo.
  • Masculinas: contorno de barba ou barba completa, costeletas, entre sobrancelhas, maçãs do rosto, testa, nariz e orelhas.

Quer realizar o sonho de manter a pele lisinha e saudável por muitos anos? Agende sua avaliação gratuita na unidade mais próxima!

4 razões que fazem do inverno a melhor época pra investir na depilação a laser da Mylaser*

Já falamos aqui no blog sobre os motivos para você agendar sua avaliação na Mylaser* e o que faz dela a depilação a laser de Santa Maria. Neste post vamos trazer para você as razões que fazem do inverno a melhor época do ano para investir em nosso método de depilação a laser.

adolescent-beanie-beautiful-295821.jpg

Não precisa se preocupar com o sol!
Como em qualquer procedimento com laser, recomendamos que alguns cuidados sejam tomados após a sessão. Ter cautela em relação ao sol é um deles. O Mylaser* não provoca queimaduras ou surgimento de “casquinhas” como outros métodos, mas a pele pode ficar mais sensível no dia da aplicação. Por isso a exposição direta ao sol não é recomendada nas primeiras horas após o procedimento para evitar o risco de manchas. Já nos meses mais frios você não precisa se preocupar! Além de a incidência solar ser menor nesta época, as roupas protegem a maioria das áreas onde o laser pode ser aplicado. Se elas permanecerem expostas, como é o caso do rosto, você garante a proteção de forma simples com o seu filtro solar diário.

Os pelos diminuem e sua pele agradece.
Durante o inverno a nossa pele fica mais sensível e sofre mais com os métodos de depilação que exigem manutenção constante. Logo nas primeiras sessões de Mylaser* você percebe a diminuição da quantidade de pelos, que também podem ter seu ritmo de crescimento desacelerado. Com isso, o tempo entre uma manutenção e outra aumenta e a sua pele agradece.

Se você tem a pele clara, a intensidade do laser pode ser aumentada
A segurança na aplicação do laser vem sempre em primeiro lugar. Por isso, em peles negras e bronzeadas, o aparelho é ajustado para uma intensidade menor a fim de evitar o risco de queimaduras no momento que o laser busca a melanina do pelo. Em peles mais claras, o inverno é um bom momento para aumentar a intensidade do laser, já que ela provavelmente não tem mais o bronzeado do verão. Esta é uma forma de cauterizar os folículos de maneira mais rápida e eficaz.
Vale lembrar que o seu bem-estar também é prioridade! Nossas profissionais se preocupam em sempre conferir se a aplicação está causando desconforto no início da sessão, então você tem a liberdade de decidir se deseja ou não aumentar a intensidade do laser.

Se você começar AGORA, chegará ao verão sem pelos!
O tratamento completo com Mylaser* é de 8 sessões, mas você já começa a notar os resultados logo nas primeiras. Quando o calor chegar, você já poderá sentir a liberdade que a depilação com Mylaser* proporciona!

Vamos aproveitar o friozinho para agendar a sua avaliação gratuita? É só mandar uma mensagem para o whatsapp da unidade mais próxima de você e escolher o melhor horário!

Como funciona a depilação a laser? Descubra como o Mylaser* deixa a sua pele lisinha.

O processo de depilação a laser é muito mais simples do que pode parecer. Descubra como o laser atua na eliminação do pelo para garantir a você muitos anos de pele lisinha.

Pelos: os condutores de energia
Durante a sessão de depilação, o laser é aplicado na superfície da pele através de disparos. O laser encontra a melanina do pelo que aquece e leva a temperatura até a papila com a única finalidade de cauterizá-la. Depois de cauterizada, o crescimento e desenvolvimento do pelo é interrompido. É por isso que antes das sessões de Mylaser* os pelos devem ser aparados com lâmina ou creme depilatório. Diferentemente de métodos como cera e linha, eles não removem o pelo desde a raiz. Se ela for removida, o laser não terá como ser conduzido até a papila do pelo e a cauterização não acontece.

O laser cauteriza as papilas que dão origem aos pelos.

Disparos, cauterização, altas temperaturas… isso tudo não dói?
Algumas opções de depilação a laser disponíveis no mercado realmente causam dor no momento do disparo e da cauterização dos pelos. Para evitar o desconforto, o Mylaser* conta com uma ponteira de safira resfriada a -3 °C, que protege e “anestesia” a pele para minimizar o incômodo durante a sessão. Durante a sua avaliação, você pode solicitar o teste do disparo e sentir na pele a sensação da aplicação do Mylaser*.

Meus pelos são clarinhos. Mylaser* é indicado para mim?
Como a energia do laser e atraída pela melanina do pelo, os pelos brancos, claros e ruivos não têm os mesmos resultados que os pelos escuros.

Sofro com foliculite e pelos encravados. O Mylaser* pode me ajudar?
Sim! Como os pelos deixam de se desenvolver, os problemas comuns gerados pela depilação tradicional ficam no passado. E estes não são os únicos incômodos que o Mylaser* ajuda a eliminar! Confira problemas 8 comuns da depilação que a Mylaser* resolve em 8 sessões.

Os pelos encravados e a foliculite são processos inflamatórios diferentes que estão relacionados a métodos de depilação como lâmina e cera.

Por que o intervalo entre uma sessão e outra é de 30 a 45 dias?
Assim como tudo em nosso organismo, o desenvolvimento dos pelos ocorre dentro de um ciclo. Enquanto alguns pelos já estão aparentes, outros apenas iniciaram a formação da raiz. Por isso o intervalo é necessário para que todos os pelos sejam atingidos pelo laser em algum momento e garantir a eficácia do tratamento.

Ciclo de desenvolvimento dos pelos

Os pelos que já foram cauterizados voltam a nascer?
É normal que após alguns anos as células se regenerem e os pelos voltem a nascer, mas este processo varia muito de uma pessoa para outra. A genética e o equilíbrio hormonal, por exemplo, estão diretamente ligados ao intervalo de reaparecimento dos pelos, assim como a sua quantidade e espessura. Na maioria dos casos é comum que os pelos voltem a nascer mais finos e em menor quantidade, e uma sessão de manutenção já é suficiente para interromper o seu desenvolvimento. A primeira manutenção é indicada após 5 anos do tratamento ou assim que os pelos voltarem a nascer. Por isso fazemos questão de deixar claro que a depilação com MyLaser* dura muitos anos, mas não é definitiva.

É muito mais simples do que a gente imagina, né? Agende uma avaliação gratuita e venha tirar todas as suas dúvidas! Se preferir, mande uma mensagem com a sua pergunta para o WhatsApp da unidade mais próxima de você.

Conheça 8 problemas comuns da depilação que a Mylaser* resolve em 8 sessões

A depilação só tem pontos positivos, certo? Bom, nem sempre. Existem vários problemas envolvendo métodos tradicionais de depilação que muitos de nós conhecemos bem. Confira abaixo alguns dos mais comuns e saiba como eliminar todos eles da sua rotina de uma vez por todas!

Foliculite
Você já se depilou com lâmina e depois de um tempinho percebeu vários pontinhos vermelhos (semelhantes a espinhas) na região? Isso é foliculite! Ela é uma inflamação dos folículos pilosos (o local de onde nascem os pelos) e pode causar coceira, inchaço e dor. Quem já teve foliculite sabe o quanto ela pode ser incômoda! A sua frequência e a sua duração variam de uma pessoa para a outra, e quanto mais você agredir a sua pele com a lâmina, maiores são as chances de a inflamação reaparecer. É muito comum que homens apresentem foliculite na barba, enquanto as mulheres geralmente a desenvolvem na região das axilas e virilha. Com Mylaser* este problema fica no passado! Com a ação do laser os pelos deixam de nascer e, consequentemente, de terem chances de resultarem em inflamações por muitos anos.

Pelos encravados
É comum que os pelos encravados sejam confundidos com a foliculite. O pelo encrava quando não consegue romper a camada de queratina da pele ou não encontra a saída do folículo piloso. Isso faz com que ele se curve e penetre novamente no folículo, continuando o seu crescimento debaixo da pele. Como defesa, o organismo dá início a um processo inflamatório, que pode ser bem doloroso e resultar em feridas ou manchas na pele quando o pelo não for removido. Em apenas 8 sessões de Mylaser* você também pode dar adeus a este problema! Livre de pelos e livre de problemas!

Alergias
Alguns métodos de depilação comuns como cera e creme depilatório podem causar alergias em peles sensíveis. Elas estão ligadas a algum componente da fórmula do produto ao qual a pessoa é alérgica, e a reação na pele é geralmente instantânea, ocasionando vermelhidão e/ou bolhas. Nestes casos, é imprescindível suspender o uso e buscar ajuda de um dermatologista. Quem escolhe Mylaser* não precisa mais apelar para métodos de depilação que agridem a pele e mantém a pele lisinha sem incômodos!

Hiperpigmentação da pele
O uso frequente da lâmina ou da cera em regiões de pele fina e sensível, como axilas e virilha, podem causar o seu escurecimento. Esta hiperpigmentação é causada pelo aumento da produção de melanina na região, uma reação natural da pele à agressão sofrida. A hidratação diária da pele pode ajudar, mas o ideal é buscar outros métodos para se libertar dos pelos. O Mylaser* é a opção perfeita para quem já sofre com as manchas na pele e quer buscar alternativas. Como a intensidade do laser pode ser controlada, é possível aplicar nas regiões escurecidas sem que haja risco de queimaduras, o que o destaca em relação à grande maioria dos métodos disponíveis no mercado.

Pelos duros
Quem se depila com lâmina ou creme depilatório costuma ter a sensação que o pelo se torna mais grosso e duro com o passar do tempo. Na verdade a espessura do pelo não muda, mas, como foi apenas aparado, ele continua seu crescimento de onde foi interrompido — diferentemente dos métodos que removem o pelo desde a raiz e originam o processo de formação de um novo pelo após algum tempo. Isso costuma incomodar quem opta por estes métodos, já que acabam exigindo manutenção constante. Com Mylaser* os pelos não voltam a nascer na região de aplicação por muitos anos. Uma preocupação a menos na sua rotina!

Dor
Remover os pelos com linha, cera ou mesmo com alguns lasers pode ser um processo bastante dolorido — o que pode nos deixar com receio de testar métodos novos. Para que você possa experimentar a sensação do Mylaser* antes de fechar o seu pacote, nós oferecemos o TESTE DO DISPARO durante a sessão de avaliação oferecida sem custos. Assim você pode dar início ao seu tratamento com tranquilidade e a garantia do conforto que só o laser de Diodo pode oferecer.

Frustração
Se você já buscou a fotodepilação como alternativa aos métodos tradicionais e acabou frustrado, saiba que você não está sozinho! Ao contrário da depilação com Mylaser*, que cauteriza a papila do pelo e evita que ele volte a nascer, a fotodepilação apenas o enfraquece, o que torna a manutenção regular necessária para manter a pele lisinha. Se o seu objetivo é se libertar da preocupação com os pelos por muitos anos, a Mylaser* é a opção perfeita para você!

Queimaduras em peles negras e bronzeadas
Imagine criar expectativas com relação a técnicas alternativas de depilação, como o laser Alexandrite ou a fotodepilação, e se decepcionar ao descobrir que elas não podem ser aplicadas em peles negras ou bronzeadas. Isso acontece porque estas técnicas não permitem a aplicação direcionada apenas na melanina do pelo, atingindo também a melanina da pele, expondo o cliente ao risco de queimaduras. Se você se identificou com esta situação, saiba que o Mylaser* é laser de Diodo, o único em Santa Maria que pode ser aplicado em todos os fototipos de pele com segurança! Nada como ter uma clínica de depilação que pensa em você, não é mesmo?

Você imaginava que poderia se libertar de tantos problemas ao escolher a Mylaser*?
Agende sua avaliação gratuita, solicite o TESTE DO DISPARO e tire todas as suas dúvidas.